terça-feira, 22 de agosto de 2017

Lagoa do Coração - Rio Pardo/RS

         A Lagoa do Coração encontra-se situada no município de Rio Pardo-RS. A lagoa situa-se às margens do Rio Jacuí, dentro de uma fazenda. A sede da fazenda está a 12,3 km do asfalto que liga Rio Pardo a Pantano Grande, e a 17 km do trevo de acesso principal a cidade de Rio Pardo.

Foto 1: Árvore solitária no campo. Fotografia de Alexandre picoli.

Foto 2: Nascer do solo no açude próximo a sede da fazenda. Fotografia de Cleberton Bianchini

Foto 3: Nascer do sol próximo a sede da fazenda. Fotografia de Gabriela Santos.

Foto 4: Diversas flores encontradas pelo campo na primavera. Fotografia de Cleberton Bianchini.

Foto 5: Diversas flores encontradas pelo campo na primavera. Fotografia de Cleberton Bianchini.
       Os ambientes encontrados no local são variados, possuindo áreas com campos, espaços com pequenos banhados, áreas com pastagem para gado, áreas de mato na margem do Rio Jacuí e também das lagoas, além dos ambientes aquáticos das lagoas. As trilhas ou caminhos são diversos, ficando a cargo de cada observador escolher o ambiente que deseja percorrer.
Figura 5: Pequeno banhado dentro do campo. Fotografia de Cleberton Bianchini.

Figura 6: Borda de mato próximo a lagoa. Fotografia de Cleberton Bianchini.

Figura 7: Entrada do mato na trilha que leva até próximo ao rio. Fotografia de Cleberton Bianchini.

Figura 8: Vista geral do campo com pequeno banhado ao fundo. Fotografia de Cleberton Bianchini.

Figura 9: Exemplar arbóreo de porte elevado. Fotografia de Samuel Oliveira.

     O local possui infraestrutura que poderá ser disponibilizada, ou não, para o visitante. A propriedade é particular, e sempre que houver interesse de visitar o local deve-se realizar contato prévio com o proprietário solicitando autorização para acesso. A fazenda possui casa de hóspedes que talvez poderá ser utilizada mediante contato prévio com o proprietário.
Figura 10: Vista geral da frente da casa principal. Fotografia de Gabriela Santos.
          As espécies de aves que merecem destaque neste local são a Cistothorus platensis (corruira do campo). Sendo que na primeira saída avistamos somente um indivíduo, mas na segunda avistamos diversos indivíduos e em diferentes pontos. Também foram avistados o Campylorhamphus falcularius (arapaçu de bico torto), Amaurospiza moesta (negrinho do mato), Chamaeza campanisona (tovaca campainha), Carpornis cucullata (corocochó), Nyctidromus albicollis ( bacurau), entre outras tantas espécies. Também a registro do Crotophaga major (anu corroca) no trabalho do Accordi e Barcellos (2006), mas que até agora não foi encontrado.
Figura 11: Campylorhamphus falcularius (arapaçu de bico torto). Fotografia de Cleberton Bianchini.

Figura 12: Carpornis cucullata (corocochó). Fotografia Cleberton Bianchini

Figura 13: Cistothorus platensis (corruira do campo). Fotografia de Cleberton Bianchini


           O local local é muito bonito e excepcionalmente atrativo para observadores de aves. O Coa Vales realizou duas saídas para este local, e a lista de espécies sempre foi maior que 100 espécies em ambas as vezes. A primeira saída pode ser conferida aqui e a segunda aqui

Sintam-se convidados em participar na próxima saída que faremos para lá

Nenhum comentário:

Postar um comentário